3 de Julho é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
3 de Julho é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo

3 de Julho é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo

Movimento cooperativista reúne números que destacam sua importância no desempenho econômico e social do país

2 minutos de leitura

3 de julho é celebrado o Dia Internacional do Cooperativismo e a Cooxupé entende a importância de celebrar e ressaltar a data, principalmente, após os desafios impostos pela pandemia da Covid-19.

Segundo a OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), 46,5 milhões de pessoas estão envolvidas, direta ou indiretamente, com o cooperativismo no País, considerando as famílias dos 15,5 milhões de cooperados. Do campo às grandes cidades, as cooperativas atuam em diversos setores da economia. No ramo Agropecuário, por exemplo, o Brasil possui 1.223 cooperativas, 992,1 mil cooperados e 207,2 mil empregados, sendo a região Sudeste a mais representativa em número de cooperativas.

Em Minas Gerais, as cooperativas exercem um importante papel econômico e social. Prova disso é que o setor Agropecuário abrange 157,5 mil cooperados, organizados em 193 cooperativas. Para atender esse contingente de pessoas, elas empregam diretamente 16,8 mil trabalhadores. Em 2020, o segmento registrou uma movimentação econômica de R$ 26,8 bilhões, apresentando um crescimento de 15,7% em relação a 2019, representando 36,6% da movimentação econômica do cooperativismo mineiro.

Segundo a Fundação João Pinheiro, as cooperativas agropecuárias representaram 17,8% do PIB do agronegócio de Minas Gerais em 2020 e um crescimento de 60,5% nos últimos 5 anos na movimentação econômica, o que demonstra a pujança do movimento.

O presidente do Sistema OCEMG, Ronaldo Scucato, afirma em sua mensagem no 16º Anuário de Informações Econômicas e Sociais do Cooperativismo Mineiro da Organização das Cooperativas de Minas Gerais que o cooperativismo é um setor diferenciado e que promove o desenvolvimento cotidianamente. “Estamos no segundo ano de pandemia, uma crise sanitária sem precedentes, e, mesmo assim, demonstramos com firmeza nossa capacidade de organização e de geração de resultados para milhares de pessoas. Seguimos avançando e contribuindo na manutenção de serviços e produtos essenciais para o país, além de empregos e riqueza. Um alento em tempos tão difíceis”.

O que é cooperativismo?

A Organização das Cooperativas Brasileiras (órgão máximo do setor no país) define como uma filosofia de vida que busca transformar o mundo em um lugar mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos. “Um caminho que mostra que é possível unir desenvolvimento econômico e desenvolvimento social, produtividade e sustentabilidade, o individual e o coletivo. Tudo começa quando pessoas se juntam em torno de um mesmo objetivo, em uma organização onde todos são donos do próprio negócio. E continua com um ciclo que traz ganhos para as pessoas, para o país e para o planeta”.

Ainda de acordo com a OCB, em escala mundial, o cooperativismo está presente em 100 países, com a participação de 1 bilhão de pessoas, gerando 250 milhões de empregos. Se as 300 maiores cooperativas do mundo representassem um país estariam na 9ª economia mundial. São 2,6 milhões de cooperativas sendo que uma a cada sete pessoas é associada à uma cooperativa.

Você conhece os sete princípios cooperativistas?

1 – Adesão Voluntária e Livre

2- Gestão Democrática

3 – Participação Econômica dos Membros

4- Autonomia e independência

5 – Educação, Formação e Informação

6 – Intercooperação

7 – Interesse pela comunidade