Açúcar, maracujá, carne e café lideram maiores altas em 12 meses
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Açúcar, maracujá, carne e café lideram maiores altas em 12 meses

Açúcar, maracujá, carne e café lideram maiores altas em 12 meses

Estudo apontou ainda que, entre as maiores quedas nos preços, estão as frutas: limão, maçã e banana da terra

< 1 minuto de leitura

O açúcar refinado (alta de 53%) seguido pelo maracujá (52%), filé mignon (39%), café em pó (38%), alimentos preparados e congelados de carne bovina (33%) e o pimentão (31%), lideram o ranking de maiores altas em 12 meses.

É o que aponta um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Ibre), encomendado pela CNN Brasil.

Altas em 12 meses

Já o frango em pedaço subiu 28%, bem como o feijão fradinho 25%. De acordo com o economista da FGV e responsável pelo levantamento, Matheus Peçanha, são vários os motivos para as altas, no entanto, os principais são as questões climáticas e diplomáticas, como o embargo da carne brasileira pela China.

Por outro lado, as questões climáticas afetaram produtos como frutas, café e açúcar e que estão, aos poucos, se normalizando. Peçanha afirma que a tendência é de que o preço, que já está baixando, fique ainda menor nos próximos meses com boas safras. “O café sofreu muito com a geada no meio do ano e há tendência de reversão dessa alta”, diz.

Preços menores

Por outro lado, alguns alimentos, principalmente frutas, tiveram quedas de preços. Os principais destaques foram: limão, que caiu 18%, maçã 16% e banana da terra e nanica que recuaram 11% e 4% respectivamente. Por fim, houve também queda no valor do preço do arroz (8%) e do feijão mulatinho (2%).

Confira o ranking através do Portal da FGV.