Alimentos impulsionam inflação em abril
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Alimentos impulsionam inflação em abril

Alimentos impulsionam inflação em abril

Dados do IBGE mostram que alimentos como cenoura, tomate e café puxaram alta no mês passado

< 1 minuto de leitura

Quem faz compras em mercados, feiras e hortifrútis já percebeu que semana após semana os preços mudam. Além disso, quase sempre para cima. Ou seja, trata-se da inflação.

Entre os alimentos que figuram na lista da inflação estão a cenoura, o tomate e o café, que apresentaram alta de até 178% em 12 meses, de acordo com o levantamento do UOL .

Itens mais caros

A cenoura disparou no período, com elevação de 178,02% no acumulado de 12 meses, de acordo com o IPCA, divulgado nesta quarta-feira (12), pelo IBGE.  

Depois vem o tomate, que também ultrapassou os três dígitos, apresentando alta de 103%. A abobrinha não está muito atrás, com 102% de acréscimo no período.

E o café, insubstituível no café da manhã, também mexeu com a inflação. O grão moído acumula alta de 67,53% em 12 meses; e o solúvel, 16,69%.

Nem mesmo o açúcar e o leite ficaram de fora e apresentaram alta, respectivamente, de 36% e 23% na pesquisa de preços do IBGE.

Maior inflação dos últimos 26 anos

Os dados estão no IPCA de abril, que ficou em 1,06%. E no ano já acumula elevação de 4,29%. Na avaliação mensal, o setor de alimentação e bebidas puxou a inflação em 2,06%, com destaque para alimentação fora de casa.

O valor representa a maior alta para o mês de abril desde 1996. Ou seja, é a maior inflação para o período nos últimos 26 anos.

A previsão, segundo analistas, é que nos próximos meses os preços dos alimentos ainda pressionem as despesas domésticas, com impacto direto no bolso do consumidor.