Aprovado aumento de crédito para Cooperativas de Produção
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Aprovado aumento de crédito para Cooperativas de Produção da linha de Custeio

Aprovado aumento de crédito para Cooperativas de Produção da linha de Custeio

A justificativa para aprovação do aumento está na alta dos custos de produção, que chegaram a triplicar

< 1 minuto de leitura

O Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) discutiu o orçamento e a distribuição dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para a safra 2022/2023, após deliberação de seu Comitê Técnico. Assim, o aumento do limite de Crédito definido para Cooperativas de Produção, utilizando a linha de Custeio do Fundo, foi aprovado no total de R$50 milhões, noticiou o Conselho Nacional do Café.

Mais uma vez, o orçamento do Funcafé será recorde, atingindo um valor global de R$ 6,058.500.000 bilhões. Dessa forma, as linhas atendidas e seus respectivos valores serão: comercialização, com R$ 2,170.500.000 bilhão; custeio, com R$ 1,573.000.000 bilhão; financiamento para Aquisição de Café (FAC), com R$ 1,380.000.000 bilhões; bem como capital de giro, com R$ 775.000.000 milhões e recuperação de cafezais danificados – R$ 160.000.000 milhões.

A justificativa para aprovação do aumento está na alta dos custos de produção, que chegaram a triplicar. Além disso, segundo argumenta o CNC, essa alteração foi importante porque as cooperativas são fundamentais para que os recursos do Funcafé cheguem ao pequeno produtor, que tem menos facilidade de crédito junto às instituições financeiras.

“Estamos falando da atuação social do Funcafé. Os pequenos produtores não têm os mesmos limites de crédito dos grandes cafeicultores em financiamentos convencionais. Por isso, as cooperativas são as grandes parceiras dos mais de 78% dos produtores familiares”, explicou Silas Brasileiro, presidente do CNC.

Após a aprovação pelo CDPC, o voto irá para o Conselho Monetário Nacional (CMN), que após análise e aprovação publicará a resolução.