Café descafeinado preserva nutrientes do café
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Café descafeinado preserva nutrientes do café, e é opção para pessoas sensíveis à cafeína

Café descafeinado preserva nutrientes do café, e é opção para pessoas sensíveis à cafeína

Descafeinado garante sabor e aroma dos grãos para os coffee lovers

2 minutos de leitura

Encontra-se a cafeína, substância estimulante, nos chocolates, chás, refrigerantes e no café. Diferentes estudos já comprovam que a cafeína, junto com os demais nutrientes presentes nos grãos de café, são benéficos à saúde. Assim, ajudam a prevenir contra várias doenças. Mas, quando há algum tipo de intolerância ou condição de saúde que seja afetada pela presença da cafeína, uma opção é o café descafeinado. Este garante o mesmo aroma e sabor do cafezinho tradicional. Principalmente se há orientação de restrição médica, por condições como dores de cabeça, aumento da ansiedade, insônia, gastrites e úlceras.

Mas, mesmo o café descafeinado não chega a ser 100% livre da substância. Já que aproximadamente 97% dela é retirada da composição, mas ainda resta uma pequena parte.

Técnicas

Há três tipos de técnicas mais difundidas para deixar o café descafeinado. Além de ser torrado e moído, no caso do café descafeinado há algumas etapas extras.

Entre as técnicas utilizadas na descafeinação, a primeira é o método com gás carbônico, em que utilizam-se as moléculas desse composto para atrair a cafeína. E, dessa forma, removê-la sem alterar os outros componentes.

Há também a técnica realizada com solvente alimentício. Utiliza-se bastante o acetato de etila, pois possui substâncias que conseguem puxar a cafeína para fora do grão. No entanto, esse método precisa de cuidados. Se a aplicação não for da maneira correta, pode alterar os componentes do grão e modificar o sabor da bebida. E de forma mais natural há a lavagem de grãos, que consiste em mergulhar os grãos em água com extrato do café sem cafeína. A diferente concentração da mistura faz com que a cafeína se separe naturalmente dos grãos.

Benefícios

Mesmo quando retira-se a cafeína, os demais nutrientes presentes no grão prevalecem na bebida, explica o nutricionista André Facchin.

“Assim como no café normal, o café descafeinado promove vários benefícios à saúde. Isso porque contém vários sais minerais, aminoácidos e vitaminas, como as vitaminas B2 e B3. A diferença está na ausência da cafeína e sua capacidade de aumentar a concentração e bem-estar”, explica.

O nutricionista explica que indica-se o café descafeinado para pessoas sensíveis aos efeitos da cafeína, mas que apreciam o sabor do café.

“Há também pessoas que não podem consumir cafeína por essa substância interagir com o efeito de alguns medicamentos”, completa.

Já sob o ponto de vista calórico e nutricional, o médico ressalta que não há diferença.

“Como o café puro não possui calorias, é indiferente ter ou não a cafeína. Porém, como a cafeína tem vários efeitos positivos no nosso organismo, eu vejo o café normal com mais benefícios”, diz.