Programa Especialíssimo: disputa pelo título de melhor café da Cooxupé
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo

Cafeicultores cooperados disputam o título de melhor café da Cooxupé

Programa Especialíssimo apresentará neste sábado, 13, lote campeão da safra 2021 da cooperativa; Participação de cooperados cresce 63% e quantidade de sacas de café, 20%

2 minutos de leitura

A Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé revela neste sábado, 13, a partir das 19h, de onde vem o melhor café arábica especial colhido pelos cooperados na safra 2021. O ranqueamento é do Programa Especialíssimo, criado desde 2016 pela Cooxupé e SMC Specialty Coffees, mas que premia os lotes selecionados de 2019 para cá.

Disputam o ranking 50 lotes de cafés especiais selecionados de produtores cooperados do Sul e Cerrado de Minas Gerais e da média mogiana do Estado de São Paulo. Ou seja, áreas de atuação da cooperativa mineira.

Em 2020, o café campeão foi produzido em Capitólio (MG), pelo cooperado Wilson Vicente Soares.

Números de 2021

O Programa Especialíssimo recebeu 59,9 mil sacas de cafés especiais via Cooxupé e SMC, um crescimento de 20% diante das 49,9 mil recebidas no ano anterior.

São 1.203 lotes de cafés nesta edição. Ano passado, foram 771 registrados. A participação dos cooperados é outro destaque: 63% maior, sendo 703 em 2021 ante 431 na edição passada.

Portanto ao considerar os resultados totais do Programa – incluindo os cafés que não integram o ranking de premiação – o Especialíssimo recebeu, em 2021, mais de 74 mil sacas de cafés especiais. Ao todo, mais de 1,5 mil lotes. Esses cafés foram entregues na Cooxupé e SMC.

Para o vice-presidente da Cooxupé, Osvaldo Bachião Filho, os números desta edição impressionam. E demonstram, como resultado, que os produtores vêm se empenhando, a cada ano, em investir na produção de cafés especiais.

“Desde que começamos a premiação, os resultados do Especialíssimo só crescem, atendendo nossas expectativas. Com isso, abrimos oportunidades de gerar valor e maior rentabilidade aos nossos cooperados. Isso por meio deste programa, que não é um concurso, mas sim uma seleção dos melhores lotes de café.”

Novidade na Premiação do Programa

A premiação total do Programa Especialíssimo também é novidade: R$ 330 mil.

Em 2020, o prêmio total foi de R$ 229 mil. O lote campeão será premiado com o valor de R$ 50 mil. Em seguida, os segundo e terceiro lugares ganharão R$ 30 mil e R$ 20 mil, respectivamente.

Para o quarto lugar, a premiação é R$ 13 mil; quinto lugar R$ 12 mil; sexto lugar R$ 11 mil; sétimo lugar R$ 10 mil; oitavo lugar R$ 9 mil; nono lugar R$ 8 mil; e décimo lugar R$ 7 mil. Por fim, quem ficar entre o 11º e 50º lugares, a premiação será de R$ 4 mil para cada.

Além disso, os 10 primeiros finalistas receberão, também, um troféu de participação.

Programa Especialíssimo

Para serem selecionados pelo Programa Especialíssimo, os 50 lotes selecionados de cafés dos cooperados apresentaram índice de qualidade acima de 83 pontos. Dessa forma, o resultado final é determinado por uma equipe de provadores da Cooxupé e da SMC Specialty Coffees. Profissionais liderados pelo professor da Universidade Federal de Lavras, Flávio Borém, docente com larga experiência no nicho de cafés especiais.

Assim, por meio de provas cegas, os jurados analisaram atributos do café como acidez, doçura, corpo, balanço e retro gosto e aromas.

Antes de tudo, para participar do Programa, os cooperados devem atender a vários requisitos, como quantidade mínima de 10 sacas por lote e estar com o Cadastro Ambiental Rural atualizado. Assim como apresentar fidelidade mínima de 80% na cooperativa no ano.

Bem como possuir boas práticas na produção e colheita, com no mínimo de 75% de resultado obtido no questionário de Diagnóstico de Sustentabilidade do Cooperado.

Transmissão On-line

Por fim, os resultados do Programa e a premiação serão transmitidos ao vivo pela internet, pelos canais:

Youtube da Cooxupé

HUB do Café

Notícias Agrícolas