CMN aprova recursos do Funcafé para produtores atingidos por geadas
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
CMN aprova recursos do Funcafé para produtores atingidos por geadas

CMN aprova recursos do Funcafé para produtores atingidos por geadas

Valor de R$ 1,32 bilhão, que já havia sido aprovado pelo CDPC, vai ajudar cafeicultores prejudicados pelas geadas.

< 1 minuto de leitura

O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou a reserva de R$ 1,32 bilhão de recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para produtores atingidos por geadas. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recomendou a aprovação.

Segundo o Mapa, o valor corresponde a 20% do valor das linhas de Custeio, Comercialização, Capital de Giro e Financiamento para Aquisição de Café (FAC), e a 100% do valor da linha de Recuperação de Cafezais Danificados.

A partir de agora, haverá a definição de condições, prazos, taxas, carência e o período de reembolso. Os parâmetros seguirão informações técnicas obtidas no levantamento de campo realizado.

Recursos do Funcafé para geadas

Anteriormente, em abril de 2021, o CMN aprovou a distribuição de recursos, no ano agrícola 2021/2022, para as linhas de financiamento do Funcafé. Contudo, durante o mês de julho de 2021, ocorreram geadas nas principais regiões produtoras de café de Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Segundo levantamentos preliminares, as geadas atingiram pelo menos 200 mil hectares de cafezais.

Assim, o Conselho Deliberativo da Política do Café (CDPC) já havia aprovado a reserva de R$ 1,32 bilhão para atender esses cafeicultores prejudicados pelas geadas. 

Portanto, os recursos fazem parte dos R$ 5,9 bilhões aprovados para aplicação nas linhas de financiamento do Funcafé na safra 2021/2022. Com a reserva, os agentes financeiros terão R$ 4,6 bilhões para as linhas de crédito de custeio, comercialização, capital de giro e aquisição de café. Os contratos estão no final de processamento.