CNC reinaugura escritório de representação em São Paulo
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
CNC reinaugura escritório de representação em São Paulo

CNC reinaugura escritório de representação em São Paulo

Local é ponto de referência para o café brasileiro e palco de importantes decisões para o setor

2 minutos de leitura

O Conselho Nacional do Café (CNC) reinaugurou seu escritório de representação em São Paulo.

As salas, que ficam no prédio da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de São Paulo (SFA-SP) na cidade, são ponto de referência para o café no Brasil. Isto porque o ambiente sempre foi palco de importantes reuniões e decisões do setor.

Escritório de representação em São Paulo

Segundo o CNC, neste ano de 2021, o escritório passou por uma reforma e reestruturação.

O objetivo é criar um ambiente de atendimento ainda melhor a cooperativas, produtores, parlamentares, autoridades e indústrias. Bem como o mercado consumidor.

Como resultado, reativar este espaço, relembra a história do Conselho Nacional do Café e sua importância.

Além disso, o CNC tem sua sede em Brasília, na Capital Federal, que é o centro das decisões governamentais.

“O CNC é uma importante entidade que, incansavelmente, desenvolve um exímio trabalho em relação às políticas cafeeiras do Brasil. Sempre em busca de uma cafeicultura cada vez mais competitiva e sustentável. Assim, com essa estrutura de um novo escritório, toda a equipe do CNC tem ainda mais potencial para continuar a defender a voz e o interesse dos cafeicultores”, disse Carlos Augusto Rodrigues de Melo, presidente da Cooxupé, que esteve presente no evento, no dia 16 de dezembro.

Evento e homenagens

O evento ainda teve a presença de representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Marcos Montes, representante da Ministra de Agricultura, Tereza Cristina, recebeu uma homenagem. Ele destacou a importância da revitalização do espaço.

A Superintendente da Agricultura em São Paulo, Andrea Moura, também recebeu uma homenagem do CNC. A sala de representação do Conselho fica no prédio que abriga hoje a SFA-SP, mas lembrou da história do imóvel.

Galeria do ex-presidentes

Com a presença dos ex-presidentes da instituição, Manoel Vicente Fernandes Bertone, Osvaldo Henrique Paiva Ribeiro e Maurício Miarelli, o descerramento da placa da galeria emocionou, principalmente, as famílias dos ex-gestores do Conselho que já faleceram. Mulheres, filhos e até netos de ex-presidentes marcaram presença e se emocionaram com a lembrança.

Assim, a galeria inaugurada conta com a fotografia de todos os ex-presidentes: Roberto Costa de Abreu Sodré (1981 a 1985), José Carlos Jordão da Silva (1986), Jaime Nogueira Miranda (1986 a 1991), Murilo Carlos Paiva Carvalho (1991), Suelly Evandro Amarante (1991 a 1993), Manoel Vicente Fernandes Bertone (1993 a 1995), Gilson José Ximenes Abreu (1995 a 2001), Osvaldo Henrique Paiva Ribeiro (2001 a 2005), Maurício Miarelli (2005 a 2007), Gilson José Ximenes Abreu (2007 a 2011) e Silas Brasileiro (2011 até o momento).

Força de atuação

Por fim, para o atual presidente do CNC, Silas Brasileiro, o evento mostrou a força do Conselho.

“Essa cerimônia mostra um pouco da grandeza do CNC. Ficamos honrados com a presença das autoridades brasileiras, dos representantes do setor privado, da indústria, do comércio, do sistema financeiro Sescoop, dos familiares dos ex-presidentes. E, claro, das nossas associações e cooperativas que dão suporte para manutenção deste Conselho. Estamos muito felizes por reativar esse espaço onde toda a história de luta pela cafeicultura começou”, finaliza.