Começa a implementação do “Nascentes da Mata do Sino”
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Começa a implementação do “Nascentes da Mata do Sino”

Começa a implementação do “Nascentes da Mata do Sino”

Projeto de sustentabilidade voltado à proteção de nascentes atenderá os produtores localizados na Mata do Sino, em Juruaia/MG

2 minutos de leitura

A Cooxupé iniciou, em março, a implantação do “Nascentes da Mata do Sino (Bell Springs)”. O projeto é fruto da parceria entre a cooperativa, a Farmer Connect e a Sucafina.

O objetivo da ação é, pois, a proteção das nascentes e corpos d’água existentes na região da Mata do Sino, distrito de Juruaia/MG.

O projeto

A primeira parte do processo de implementação consistiu em um treinamento. Assim, produtores se reuniram entre os dias 17 e 19 de março. Dessa forma, a capacitação abordou questões de legislação, conceitos gerais bem como ações relacionadas à preservação das nascentes.

De acordo com a agrônoma Giovana Frota, práticas simples geram ganhos importantes. Tanto ao meio ambiente, ao produtor e quanto à sociedade como um todo.

“A água é um dos mais valiosos recursos naturais existentes no mundo. A cada ano, com o aumento populacional, ocorre uma considerável redução de sua qualidade e quantidade disponível para consumo”.

Na prática

O treinamento contou ainda com uma ida à propriedade de Juraci Porfírio de Souza. Ele é cooperado de Guaxupé e participante do projeto, em Juruaia. Lá houve a implantação de curvas de desnível a fim de redirecionar o escoamento. Isto, pois, para não atingir a nascente e cordões de entorno, bem como permitir uma maior infiltração da água no solo.

Além disso, abriram-se covas no local para o plantio de 118 mudas que vieram do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Cooxupé.

“Quero aumentar a área de mata nativa em minha propriedade. Pois, meu maior propósito é cuidar da nascente presente nela para que meus filhos e netos possam ter uma água de qualidade no futuro”, conta Juraci.

Nascentes da Mata do Sino

Dessa forma, o projeto incentivará os produtores a estabelecer novas zonas de conservação ao longo dos cursos de água. Para tal, eles receberão mudas e cercas.

O Nascentes da Mata do Sino estimulará o engajamento do produtor. Acerca da preservação da água e, consequentemente, do solo de sua propriedade.

Assim, as ações estimularão uma maior infiltração de água no solo. Gerando, pois, maior disponibilidade tanto na superfície quanto no subterrâneo.

Somado a isso, o projeto visa melhorar a qualidade da água com a filtragem natural realizada pelas plantas. Auxiliando no processo de contenção da erosão do solo, bem como do assoreamento dos rios causado pelo arraste de sedimentos durante as chuvas.

Por fim, o acréscimo de vegetação no local favorecerá a regeneração natural. E, também, o crescimento da biodiversidade. Tanto para a fauna quanto para a flora. Além de promover o desenvolvimento sustentável, com foco na melhoria da qualidade de vida e manutenção para as próximas gerações.