Conheça as diferenças entre os tipos de torra antes de escolher seu café
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Conheça as diferenças entre os tipos de torra antes de escolher seu café

Conheça as diferenças entre os tipos de torra antes de escolher seu café

Torras mais escuras estão mais presentes no dia a dia do brasileiro, mas torras média e clara estão ganhando espaço

2 minutos de leitura

Um cafezinho é sempre uma boa pedida. E o brasileiro é mestre em priorizar a bebida. De acordo com pesquisa da ABIC – Associação Brasileira da Indústria do Café sobre os hábitos e preferências dos consumidores de café em 2021, a maioria dos brasileiros consome mais de 3 xícaras por dia.

Por isso, o café continua como a segunda bebida mais consumida no País, atrás apenas da água, segundo a Associação. E, com a pandemia, o maior consumo de café deixou de ser no trabalho e passou a ser em casa, como também aponta a pesquisa. O que mostra que o brasileiro também está mais dedicado a aprender e fazer o próprio cafezinho. E é aí que os tipos de torra de café entram em cena.

Tipos de torra

Entre os fatores que vão determinar o sabor final da bebida está a torra.

“Muitos consumidores preferem as torras mais escuras, pois estes sabores estão mais presentes no dia a dia do brasileiro. Está mais dentro da expectativa sensorial. Mas, com o conhecimento sobre café aumentando, a busca por torras médias e sabores mais equilibrados tende a aumentar. Os consumidores que apreciam café estão ficando mais abertos aos novos perfis e formas de consumo. O mais desafiador é fazer as pessoas ‘experimentarem’ o novo”, explica Hugo Furlan Junior, supervisor de marketing da Torrefação Cooxupé.

Ele destaca ainda que entre os outros fatores que são determinantes para se escolher um café, estão a moagem, a origem, o frescor e as formas de consumo.

Portanto, o Hub do Café trouxe um guia rápido para você conhecer as diferenças entre os tipos de torra do café e avaliar a sua escolha na prateleira.

No geral, são três tipos de torra: clara, média e escura, que determinam algumas características da bebida. Confira:

Torra clara: grão fica menos tempo sob altas temperaturas. O sabor tem acidez mais acentuada e menos amargor. Ela preserva mais o sabor e as características dos grãos e dá origem a uma bebida menos encorpada.

Torra média: é a que confere mais equilíbrio entre as várias características do grão como acidez, amargor e aroma. A bebida é mais aromática e encorpada do que na torra clara e há mais amargor.

Torra escura: é o tradicional “café forte” do brasileiro. Tem menos acidez, corpo leve e o amargo é bem acentuado. Quanto mais escura for a torra, maior o amargor e menor a acidez.