Emater-MG e CNC divulgam cartilha sobre prevenção à Covid-19
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Emater-MG e CNC divulgam cartilha sobre prevenção à Covid-19

Emater-MG e CNC divulgam cartilha sobre prevenção à Covid-19

Material destinado aos produtores de Minas Gerais contém orientações sobre as medidas de prevenção durante a colheita do café

2 minutos de leitura

A Emater-MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais), em parceria com o CNC (Conselho Nacional do Café), elaboraram uma cartilha com orientações sobre as medidas de prevenção à Covid-19 durante a colheita do café.

O material é destinado aos produtores de Minas Gerais, que é o maior produtor de café do país respondendo por aproximadamente 70% da produção de café arábica no Brasil. Por causa da renda e dos empregos gerados pela cafeicultura, o período é um dos mais importantes para os cafeicultores em mais de 460 municípios mineiros.

A proposta da Emater-MG e do CNC é orientar sobre os cuidados que devem ser observados para a colheita do café, com o objetivo de preservar a saúde dos produtores e trabalhadores rurais, que devem seguir às recomendações divulgadas por órgãos como Ministério da Saúde, Secretaria Estadual de Saúde, Ministério do Trabalho e Vigilância Sanitária.

Prevenções básicas

Entre as prevenções básicas, a cartilha orienta que em qualquer ambiente, em casa ou na lavoura, as principais recomendações de prevenção contra a Covid-19 são:

  • Utilização da máscara cobrindo o nariz e a boca o tempo todo. 
  • Lavar com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou higienizar com álcool gel 70%. 
  • Manter um distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas (cerca de dois braços).
  • Evitar abraços e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico.
  • As autoridades de saúde recomendam que pessoas do grupo de risco (mais de 60 anos e/ou portadoras de doenças como diabetes, doenças cardíacas, respiratórias, dentre outras) e não estejam imunizadas permaneçam em casa.
  • Todos os trabalhadores devem ser submetidos à verificação de estado febril, com uso de termômetro digital de testa. 

Transporte de trabalhadores

No caso de uso do transporte coletivo devem ser seguidas as medidas descritas: 

  • Ao transportar trabalhadores, limpar bem o veículo. Borrifar no seu interior, antes e depois das viagens, uma solução de água, com 10% de água sanitária.
  • Disponibilizar álcool gel 70% para higienização das mãos ao entrar no veículo de transporte coletivo. 
  • As janelas dos veículos devem ser mantidas abertas e deve ser respeitada a distância mínima de 2 metros entre os passageiros.
  • Todos os passageiros e o condutor do veículo devem usar máscaras. 
  • Ao chegar na propriedade, todos os trabalhadores e colaboradores devem lavar corretamente as mãos com água e sabão.

Alojamentos

Para os trabalhadores em alojamentos durante os meses da colheita, deve-se providenciar um ambiente bem ventilado, higienizado constantemente e com disponibilidade de chuveiros e torneiras, além de água e sabão, álcool gel 70%    para a higiene.

  • As camas devem ficar a uma distância mínima de dois metros entre elas; 
  • Armários, toalhas, roupas de cama e materiais de higiene pessoal como sabonetes e buchas, não podem ser compartilhados.

Refeitórios

Propriedades que fornecem refeições devem servi-las no sistema de marmitas ou “quentinhas” individuais, fornecer talheres e copos descartáveis.

Evitar a aglomeração   de pessoas   no refeitório e definir horários de   alimentação   diferentes para   grupos   pequenos.   A   distância   mínima entre    as    pessoas    deve    ser    de    dois   metros.

Trabalho

  • Racionalizar a mão de obra a ser utilizada em cada etapa, reduzindo o número de pessoas envolvidas, evitando aglomerações, e sempre observar os cuidados básicos de prevenção. 
  • Separar as lavouras em talhões. Iniciar a colheita nos talhões em que os frutos amadurecem mais cedo e continuar de acordo com a maturação da lavoura.
  • Ficar atento à legislação trabalhista vigente. 
  • Receber na propriedade apenas pessoas  que são realmente necessárias para o trabalho, respeitando todas as normas de prevenção do COVID 19.
  • Estabelecer horários  diferentes para início das atividades. 
  • Não compartilhar as ferramentas e equipamentos de colheita (peneiras, lonas, sacarias, rastelos, etc). Eles devem ser de uso pessoal.