Embrapa Café lança Boletim de Pesquisa envolvendo tipo arábica
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Embrapa Café lança Boletim de Pesquisa envolvendo tipo arábica

Embrapa Café lança Boletim de Pesquisa envolvendo tipo arábica

Caracterizações agronômicas e de atributos sensoriais de cafés da cultivar Bourbon foram analisadas em diferentes municípios produtores de Minas Gerais

< 1 minuto de leitura

A Embrapa Café lançou o Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento ‘Caracterização Agronômica e Sensorial de Diferentes Genótipos de Bourbon Visando à Produção de Cafés Especiais’.

O texto subsidia a escolha da melhor cultivar de Bourbon para cada região produtora de Minas Gerais. O público-alvo é o setor produtivo, agentes de assistência técnica, pesquisadores, professores e estudantes de nível superior.

Qualidade

A qualidade dos cafés produzidos é um dos atributos mais importantes que o setor produtivo dispõe para ingressar no mercado de cafés especiais. A rentabilidade neste nicho é maior.

Então, os cafeicultores estão mais conscientes de que suas propriedades cafeeiras são como empresas.

Também devem estar de olho no dinamismo, desenvolvimento, desafios e expansão na busca pela redução de custos e perdas. A adequação e implantação de tecnologias para reflitar qualidade no produto final são importantes.

Desta forma, o mercado dos cafés especiais se expande, proporcionalmente, em nível superior às taxas de crescimento do consumo dos cafés tradicionais.

Para a Embrapa Café, tal crescimento é reflexo do perfil cada vez mais exigente do novo consumidor de café, que valoriza a qualidade.

Esse hábito de consumo tem-se revelado de maneira expressiva principalmente pelos apreciadores de café norte-americanos e europeus.

Para a Embrapa Café, para atender essa demanda, o Brasil tem plenas condições de oferecer quantidades expressivas de café com qualidade no mercado internacional.

Conhecido pelo potencial de produção de cafés de elevada qualidade sensorial, o grupo de cultivares Bourbon se torna uma das opções dos cafeicultores.

Para conferir o Boletim completo, basta acessar aqui.