Minas Gerais tem 32 mil agroindústrias familiares
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Minas Gerais tem 32 mil agroindústrias familiares

Minas Gerais tem 32 mil agroindústrias familiares

A produção de leite é o maior destaque dentro das agroindústrias familiares do estado

2 minutos de leitura

Um estudo realizado pela Emater-MG identificou e contabilizou 32.479 agroindústrias familiares em 736 municípios mineiros em 2021. Além disso, o objetivo do levantamento, divulgado em matéria no portal Canal Rural, foi identificar o perfil desse tipo de indústria. A de maior destaque nesse segmento é da cadeia do leite, que representa 11.158 unidades. A maior parte delas (7.063 estabelecimentos) dedicadas à produção de queijos artesanais.

Agroindústrias são as unidades de processamento de alimentos que realizam qualquer tipo de ação para a comercialização regular. Desde que produza, beneficie, prepare, transforme, manipule, fracione, receba, embale, reembale, acondicione, conserve e armazene.

As únicas exceções são as agroindústrias que trabalham com o abate de espécies animais, como de carne, pescado e derivados. Isso porque as espécies animais devem ser abatidas em abatedouros/frigoríficos.

De acordo com a coordenadora do estudo, Laura Peres de Castro Penna, as agroindústrias são atividades que valorizam a preservação da cultura e tradição das regiões.

“A execução de políticas públicas de apoio à produção e à regularização das agroindústrias é fundamental. Os dados levantados demonstram o potencial que as agroindústrias familiares têm para gerar renda e ocupação nos municípios mineiros”, afirmou a coordenadora em reportagem no Canal Rural. 

Agroindústrias que se destacam

Na sequência da agroindústria do leite, com maior número de atividades, vem a de mandioca. Em Minas Gerais, são 5.552 unidades, que produzem principalmente farinha, polvilho e beiju. Em seguida, aparecem as unidades que usam a cana-de-açúcar como matéria-prima (4.090 estabelecimentos), principalmente na produção de açúcar mascavo, rapadura, melado e cachaça.

Por fim, completam a lista, as agroindústrias familiares de ovos (2.714), quitandas (2.548), mel (2.006), frutas (1.380). Seguidas por hortaliças e condimentos (1.280), café (681), carne (572) e milho (498).

Queijos artesanais

Dentre as agroindústrias familiares voltadas à produção de queijos artesanais o destaque é o queijo Minas Artesanal, com 3.103 agroindústrias em Minas Gerais. A produção estimada é de 21,8 mil toneladas por ano, o que representa 65,2% da produção dos queijos artesanais das agroindústrias familiares.