Pesquisa na Europa mostra como o café pode ajudar a reduzir o estresse
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Pesquisa na Europa mostra como o café pode ajudar a reduzir o estresse

Pesquisa na Europa mostra como o café pode ajudar a reduzir o estresse

De acordo com o estudo desfrutar algumas xícaras de café por dia melhorou o humor de 44% dos entrevistados

2 minutos de leitura

Uma pesquisa, financiada pelo Instituto de Informação Científica, com 5.170 adultos com mais de 18 anos, na Itália, Reino Unido, Finlândia, Alemanha e Polônia, identificou que o hábito de desfrutar algumas xicaras de café por dia melhorou o humor de 44% dos entrevistados durante os períodos de lockdown.

O estudo publicado no site Comunicaffe International buscou entender melhor as percepções das pessoas sobre o efeito das restrições em decorrência da Covid-19 em sua saúde física e mental e os aspectos que sentiam que mais afetavam seus humor. 

A pesquisa também procurou explorar o papel que os prazeres do dia a dia, como o café e outras maneiras simples que as pessoas encontraram para melhorar seu humor durante os bloqueios e restrições. 

Os efeitos do café

A pesquisa revelou que 44% das pessoas descobriram que tirar um tempo para desfrutar de algumas xícaras de café por dia ajudou a melhorar seu humor.

A descoberta de que o café teve um efeito benéfico no humor das pessoas reflete os resultados de pesquisas anteriores, que demonstram que o café ajuda a melhorar o humor quando consumido ao longo do dia, além de aumentar o estado de alerta e atenção (concentração).

Quase um terço (28%) dos entrevistados disse que o café ajudou a motivá-los a se exercitar e que ajudou a melhorar seu desempenho físico. Esses achados são corroborados por pesquisas anteriores, que demonstram que o café ajuda a melhorar o desempenho físico durante o exercício.

Melhora do humor

Em todos os países pesquisados o impacto dos lockdowns e das restrições foram associadas na queda do humor, sendo que foi sentido mais intensamente na Polônia, onde três quartos (75%) das pessoas admitiram que ele havia diminuído, seguido de perto pela Itália (72%), em comparação com menos da metade na Finlândia (45%), 50% no Reino Unido e 63% na Alemanha. 

Por outro lado, quando se tratava do papel que o café tinha na melhoria da disposição, cerca de metade das pessoas na Itália (53%) e na Polônia (47%) concordaram que beber algumas xícaras de café por dia ajudava a melhorar seu humor, seguido pela Finlândia ( 43%), Reino Unido (37%) e Alemanha (36%).

“Com relação aos intervalos para o café, esse efeito benéfico é provavelmente duplo. Em primeiro lugar, pelo benefício holístico de relaxar e apreciar o sabor e o aroma do café. Além disso, o consumo de café demonstrou melhorar o humor, o estado de alerta e reduzir a sensação de fadiga por meio do efeito agudo da cafeína e do papel potencial dos polifenóis do café na neurogênese e na manutenção a longo prazo de um cérebro saudável (e consequente redução em alguns níveis afetivos e neurodegenerativos distúrbios)”, disse o professor Assistente Giuseppe Grosso, Departamento de Ciências Biomédicas e Biotecnológicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Catânia.