Profissional da SMC é vice-campeão brasileiro de torra de café 2022
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Profissional da SMC é vice-campeão brasileiro de torra de café 2022

Profissional da SMC é vice-campeão brasileiro de torra de café 2022

Raul Felipe Paulino de Souza participou do 4º Campeonato Brasileiro de Torra, organizado pela BSCA

3 minutos de leitura

Raul Felipe Paulino de Souza é o vice-campeão do 4º Campeonato Brasileiro de Torra. A competição ocorreu em Belo Horizonte (MG), entre os dias 28 e 30 de abril. Ele é classificador e degustador da SMC Specialty Coffees, empresa controlada pela Cooxupé.

A quarta edição do evento no Brasil integra, pois, o cronograma de ações do “Brazil. The Coffee Nation”. O projeto é da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). O presidente do júri foi o polonês Lukasz Jura, experto, pois, em competições de torra e representante da World Coffee Events (WCE).

Campeonato de torra de café

Assim, o campeonato nacional contou com 23 competidores. Todos precisaram planejar e elaborar a melhor torra, no software oficial da Cropster Brasil, para o café oficial do campeonato.

Dessa forma, eles passaram por três etapas práticas com os torradores de 2Kg e  5Kg. Treinos com o café e os equipamentos oficiais para elaborar o plano de trabalho; a classificação física por defeitos e peneira; e o processo de torra.

Desafios

Em relação ao campeonato, Raul pontua os maiores desafios. “O café oficial era um cereja descascado, produzido no Sul de Minas, com fermentação controlada com a utilização de leveduras oriundas do próprio terroir do cafeeiro, o que dificulta a torra devido a sua complexidade”, explica.

No entanto, o profissional da SMC considera a participação neste campeonato como uma experiência incrível. “Tive contato com mestres de torra de todos os cantos do Brasil. Troquei, pois, informações e adquiri mais conhecimento, além de conhecer algumas pessoas do mundo do café que sempre quis conhecer”, destaca.

“Quando saíram os resultados, quase não acreditei, fiquei muito feliz por ter sido o vice-campeão brasileiro, disputando junto com excelentes e renomados mestres de torra”, completa Raul, agradecendo a SMC e a Cooxupé pelo suporte oferecido na disputa do campeonato.

Raul Felipe Paulino de Souza

Mercado de Cafés Especiais

A SMC Specialty Coffees é uma empresa controlada pela Cooxupé e com atuação no mercado de cafés especiais há 13 anos. A gerente Maria Dirceia Mendes explica que a torra do café tem grande influência na percepção da qualidade do cliente ou do consumidor final. Dessa forma, seja no sabor ou no retrogosto.

“Se isto já é importante em cafés convencionais, em cafés especiais é crucial, pois a torra apresenta o perfil do café, destaca os sabores dentre eles achocolatado, cremoso, doce, suave, floral, etc. Pensando nisto, a SMC investiu tanto em equipamentos adequados quanto no treinamento do profissional responsável pela torra. Assim, o trabalho do nosso mestre de torra Raul nos ajuda a encontrar os melhores perfis para os cafés produzidos pelos cooperados da Cooxupé e a compor os blends de acordo com cada mercado e perfil procurado pelos nossos clientes”, afirma a gerente.

Para a SMC Specialty Coffees, segundo Dirceia, é motivo de muito orgulho ter, em 2022, um profissional da empresa como vice-campeão de torra. “Para nossos produtores e clientes, trata-se da certeza de que temos os melhores profissionais para cuidar dos cafés produzidos por eles”, acrescenta.

SMC atua no mercado de cafés especiais há 13 anos

BRAZIL. THE COFFEE NATION

O Campeonato Brasileiro de Torra é mais uma ação do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, desenvolvido pela BSCA e pela ApexBrasil com foco na promoção comercial do produto nacional no mercado externo. O objetivo é, pois, reforçar a imagem dos cafés brasileiros em todo o mundo. Bem como posicionar o país como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas.

O projeto atual tem como mercados-alvo: África do Sul, Austrália, China, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, França, Japão, Malásia, Polônia, Rússia e Taiwan para os cafés crus especiais. Já Canadá, Chile, China e Estados Unidos são, assim, o foco para os produtos da indústria de torrefação e moagem.

Por fim, o projeto visa, ainda, expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros.