Qual a importância do repasse e varrição do café para manejo da broca?
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Qual a importância do repasse e varrição do café para manejo da broca?

Qual a importância do repasse e varrição do café para manejo da broca?

Departamento de Desenvolvimento da Cooxupé traz dicas sobre o assunto. Produtor de café fique ligado!

2 minutos de leitura

A colheita na área de ação da Cooxupé – Sul e Cerrado de MG e média mogiana do estado de SP, está avançando bem. Mais da metade do café já foi colhida. Em algumas propriedades, no entanto, a safra está caminhando para o fim. A broca é sempre um assunto que provoca alerta aos cafeicultores.

O Departamento de Desenvolvimento Técnico da cooperativa informa que o recebimento de café até o momento mostra que a porcentagem de lotes com broca está maior neste ano, em relação aos anos anteriores.

Manejo da broca nos cafeeiros

Assim, o coordenador do departamento, Eduardo Renê Cruz, destaca a importância do repasse e da varrição para o controle da broca do café para que a doença não seja um problema na próxima safra.

“Para todas as lavouras é importante, mas principalmente para aquelas colhidas com máquina o repasse e a varrição são fundamentais. Isto, pois, para evitar que fique café na lavoura. Porque é neste café que a broca sobreviverá de agora até dezembro/janeiro, quando surgem os frutos da próxima colheita”, explica. 

Além disso, ele destaca que fazer o repasse e a varrição na lavoura é muito viável, principalmente com os atuais níveis de preço do café. “É uma operação que dá resultado financeiro. O repasse e a varrição são as estratégias mais eficazes para o manejo da broca”, completa.

E neste ano, como o clima está muito seco, esta operação fica mais fácil. Assim, segundo Cruz, o café recolhido tem maior chance de apresentar uma bebida de melhor qualidade.

“Então, a recomendação é aproveitar o preço do café e o clima seco pra fazer um repasse e varrição bem feitos na fazenda para aumentar a receita e reduzir os problemas com a doença na próxima safra”, conclui.

Broca na lavoura de café