Starbucks inaugura Centro de Apoio ao Produtor de Café no Brasil
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Starbucks inaugura Centro de Apoio ao Produtor de Café no Brasil

Starbucks inaugura Centro de Apoio ao Produtor de Café no Brasil

A empresa vai colaborar com produtores de café, fornecedores e agências locais para dar apoio e gerar um impacto positivo para os produtores

2 minutos de leitura

A Starbucks anunciou a inauguração de seu primeiro Centro de Apoio ao Produtor de Café no Brasil. Esse é o décimo centro aberto pela empresa no mundo.

O novo centro de apoio ao produtor está localizado em Varginha, em Minas Gerais. Portanto, amplia a presença da Starbucks em uma importante região produtora de café. E, assim, visa fornecer recursos valiosos às comunidades cafeeiras locais.

O projeto também faz parte do compromisso da empresa de adquirir café de forma responsável, para o bem das pessoas e do planeta.  

Centro de Apoio ao Produtor

Conforme a Starbucks trabalha para melhorar os meios de sustento dos cafeicultores, o Centro de Apoio permitirá que a companhia trabalhe junto com produtores. Bem como fornecedores e agências locais.

Assim, será possível aprender mais sobre os desafios ambientais e sociais únicos que a região enfrenta. E, também, conhecer técnicas avançadas de cultivo e colaborar em soluções de longo prazo, para melhor apoiar os produtores. 

“Na Starbucks, o café é a base de quem somos e do que fazemos”, diz o diretor dos Centros Globais de Apoio ao Produtor, Alfredo Nuno.

“A inauguração do Centro de Apoio ao Produtor da Starbucks no Brasil representa um marco importante nos investimentos contínuos da empresa nas comunidades cafeicultoras.”

O diretor destaca, ainda, que o desejo da empresa é garantir um futuro sustentável do café para todos.

Serão implementados projetos, workshops e treinamentos relevantes para as necessidades específicas dos cafeicultores (Foto: Joshua Trujillo, Starbucks)

Práticas sustentáveis

Dessa forma, serão implementados projetos, workshops e treinamentos relevantes para as necessidades específicas dos cafeicultores.

Haverá, por exemplo, dicas para melhores práticas de segurança e sobre complexas regulamentações trabalhistas e ambientais.

“A presença física da Starbucks, por meio do novo Centro de Apoio ao Produtor de Café do Brasil, permitirá um diálogo mais direto com os muitos agricultores de nossa cooperativa”, diz o superintendente comercial da Cooxupé Lúcio Dias.

“Esperamos fortalecer nosso relacionamento com a Starbucks e trabalhar juntos para promover nosso objetivo mútuo de produzir café de alta qualidade, como as regras e regulamentações locais de forma sustentável.”, finaliza.