Sustentabilidade é prioridade para o futuro do cooperativismo
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Sustentabilidade é prioridade para o futuro do cooperativismo

Sustentabilidade é prioridade para o futuro do cooperativismo

Para o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, a sustentabilidade precisa ser pensada como um todo e é um dos eixos fundamentais para as cooperativas

2 minutos de leitura

Não há dúvidas que a sustentabilidade é prioridade para o planeta. E o conceito também é um dos eixos fundamentais para o futuro do cooperativismo no Brasil, segundo o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas.

Assim, em entrevista ao Hub do Café, Márcio pontuou os desafios para as cooperativas e os caminhos que devem ser seguidos pelas próximas gerações.

Com uma história de mais de cem anos, o cooperativismo ganhou força e destaque no Brasil, segundo Márcio. Ele descreve o movimento como uma ideologia. “É a construção de um pensamento ideológico que se materializa na prática, em forma de cooperativa. E o Brasil é uma referência em cooperativismo para o mundo.”

Futuro do cooperativismo

Ele destaca que temos um modelo de organização interessante, com uma legislação certa.

“Conseguimos criar uma unidade de representação mesmo com a diversidade que nós temos no país”, diz.

Hoje, cerca de 60 milhões de brasileiros vivem sob o guarda-chuva do cooperativismo em diversas áreas de atuação. “Temos um modelo cooperativista no Brasil que engloba desde os pequenos até os grandes, cada um com o seu papel. Isso mostra a força das cooperativas.”

Mas, o sistema de sucesso também enfrenta desafios. E, segundo Márcio, pontos como inovação, profissionalização e práticas sustentáveis são “eixos fundamentais para a permanência do cooperativismo e das empresas de maneira geral.”

Profissionalismo

Assim o presidente do Sistema OCB diz que, hoje, não há mais espaço para amadorismo no cooperativismo, que precisa ter gestões cada vez mais profissionais. “A cooperativa não é ação entre amigos. É um negócio sério e competente. Capaz de disputar espaço no mercado, de igual para igual, com qualquer empresa multinacional.”

Inovação

Por outro lado, no campo inovação, Márcio ressalta a importância de criar. Por isso, ele diz que é preciso haver um processo para trazer os jovens para dentro das cooperativas. “Temos de dar força para as startups. ‘Inventando’ moda todos os dias mesmo. Ter a ousadia da inovação.”

Pensamento sustentável

Por fim, ainda segundo o presidente do Sistema OCB, o pensamento sustentável é essencial para o futuro. “Sustentabilidade é uma palavra forte, muito abrangente, e que tem de ser tema prioritário de toda e qualquer cooperativa.”

Por isso, Márcio diz que, hoje, não dá para falar em futuro se você não pensar em ser mais sustentável. “Não só na questão ambiental, que é muito importante, mas no negócio como um todo”, diz.

Por fim, ele destaca que as cooperativas precisam ter preocupação com o futuro, com as novas gerações. “A questão da sucessão dentro da cooperativa, por exemplo. Assim, pensar como será o ambiente onde estamos inseridos com a nova geração”, conclui Márcio.