Variante ômicron e o risco de novos custos à produção agro
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Variante ômicron e o risco de novos custos à produção agro

Variante ômicron e o risco de novos custos à produção agro

Mercado teme que avanço do vírus pode dificultar reposição de máquinas e equipamentos, além do fornecimento de insumos

< 1 minuto de leitura

A variante ômicron do novo coronavírus poderá trazer novos custos à produção agro. É o que teme o mercado. Isto porque o avanço do vírus pode dificultar reposição de máquinas e equipamentos, além do fornecimento de insumos.

Uma reportagem da Folha de São Paulo, reproduzida no portal Campo & Negócios, diz que, para o agro, será bastante preocupante caso a variante tenha um avanço rápido pelo mundo. Principalmente pelo efeito provocado na produção, na logística e na infraestrutura dos países.

“O agronegócio não terá problema de demanda, uma vez que os países vão continuar buscando segurança alimentar, fazendo compras e mantendo estoques de alimentos”, diz o texto.

Variante ômicron

Por outro lado, o agro terá, mais uma vez, dificuldades na reposição de máquinas e equipamentos e no fornecimento de insumos, como agroquímicos e fertilizantes.

“Nesse caso, a pressão virá por meio de novos custos de produção, que já estão bastante acelerados neste ano. Os principais importadores de commodities são também grandes fornecedores de insumos, um setor no qual o Brasil é altamente dependente”, diz a reportagem.

Custos

Assim, um eventual agravamento da pandemia no mundo vai elevar, ainda, os gastos com os agrotóxicos. Neste ano, as importações já somam 316 mil toneladas, com gastos de US$ 2,81 bilhões.

Os principais fornecedores desses agroquímicos para o Brasil estiveram no olho do furacão durante a pandemia e tiveram dificuldades nas entregas.