Você sabia que a palha de café pode ser usada na adubação do cafezal?
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Você sabia que a palha de café pode ser usada como adubo no cafezal?

Você sabia que a palha de café pode ser usada como adubo no cafezal?

Adubação orgânica é rica em nutrientes. Saiba mais detalhes

2 minutos de leitura

O Portal da Revista Campo e Negócios traz uma informação bem bacana! A adubação com palha de café pode devolver nutrientes necessários para o cafezal.

Em entrevista ao portal, a engenheira agrônoma Carina Oliveira explica que a palha do café é a casca dos grãos retirada durante o beneficiamento. Isso porque, no processo, logo após a colheita, os terreiros recebem os cafés, onde ficam até secarem. Depois de secos, os grãos passam pelo beneficiamento e de lá se separam da casca.

Conforme estudos de Carina, a palha de café pode ser usada imediatamente ou após um tempo, se bem armazenada para manter os nutrientes presentes nela. A engenheira  mestre em Sistemas de Produção (Unesp) e doutora em Fitotecnia (Esalq/USP).

Palha de café

Dessa forma, sobre o armazenamento, a agrônoma explica que se a palha estiver em local aberto, como terreirão, basta cobrir com lona. Pois, o importante é evitar a entrada de água que pode causar perda de nutrientes. Outra maneira de utilizar a casca do café é fazer compostagem com esterco de gado ou de galinha, por exemplo.

A utilização da palha do café é importante justamente para devolver alguns nutrientes necessários para as plantas. Carina indica que os produtores façam uma análise da palha do café, ao menos uma vez, para saber quais nutrientes estão presentes e a quantidade de cada um. Assim, é possível balancear corretamente a adubação do cafezal.

Geralmente, o teor médio dos macronutrientes na casca é de 1,5% a 2,5% de nitrogênio; de 0,08% a 0,09% de fósforo; de 2,7% a 2,75% de potássio. A composição mineral dos grãos e da casca muda em função dos tratos culturais realizados na lavoura.

Adubação rica em nutrientes

De acordo com Carina, a aplicação da palha complementa de forma eficiente a adubação do café. O custo da sua utilização é extremamente baixo, se comparado com a adubação química.

Dessa forma, a palha de café é um adubo orgânico rico em nutrientes e a recomendação varia entre 5 e 10 ton/ha (toneladas por hectare). Ela aconselha, portanto, que seja feita uma cobertura dos dois lados da saia do café, com faixa de 50 cm a 80 cm e jogue uma camada fina de palha.

Ao utilizar a palha de café, é necessário observar e recalcular a quantidade necessária de aplicação de potássio extra, pois a casca tem um nível alto do nutriente. O excesso pode prejudicar as raízes das plantas novas e também desequilibrar a quantidade de outros nutrientes.

Decomposição

Carina alerta, no entanto, para a questão que a palha do café tem uma decomposição lenta. Então, a associação com adubo químico é uma forma de acelerar o processo de decomposição e liberação dos nutrientes. Com isso, é possível uma economia financeira bem como uma série de outros benefícios para o cafezal. Como, por exemplo: proteção, retenção da umidade e diminuição da temperatura do solo; liberação lenta dos nutrientes; controle de plantas invasoras, seja pela barreira física ou pelo efeito alelopático.

Por fim, a engenheira agrônoma conclui que foi possível observar o melhor desenvolvimento dos microrganismos, que trazem vários benefícios estruturais ao solo e, consequentemente, para as plantas.