Vulnerabilidade de cafezais centro-americanos é avaliada
Previsão do Tempo
close
Previsão do Tempo
Vulnerabilidade de cafezais centro-americanos é avaliada

Vulnerabilidade de cafezais centro-americanos é avaliada

APP para dispositivos móveis contribuirá na avaliação destas lavouras diante das mudanças climáticas. Tecnologia deve auxiliar produtor nas ações

2 minutos de leitura

A tecnologia a serviço do campo. Um aplicativo para dispositivos móveis contribuirá na avaliação da vulnerabilidade de cafezais centro-americanos diante das mudanças climáticas. É o que aponta reportagem divulgada pelo portal Agro Link.

O Vulnerability Tool (Ferramenta de Vulnerabilidade) está em fase final de validação e deve oferecer recomendações simples para executar ações voltadas para o aumento da capacidade adaptativa e da resiliência dos produtores.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Programa Centro-Americano de Gestão Integral da Ferrugem do Café (PROCAGICA), implementado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e a União Europeia (UE) e vai operar na Nicarágua.

APP

Para avaliar a vulnerabilidade de cafezais, o aplicativo faz a gestão das informações coletadas dos produtores, sobretudo nos componentes de produtividade e variabilidade climática, usando 16 variáveis ou critérios. Nas propriedades é possível identificar fatores que incidem na vulnerabilidade e na capacidade de adaptação do lote. Nesse sentido, é possível gerar um histórico ou atualizar as informações para obter um antes e depois da implementação das recomendações em um período de 6 meses, o que permite comparar as mudanças logradas na variável que projetava um maior risco.

O registro e o envio do diagnóstico gerado precisam da internet, mas para preencher os critérios e as entradas no aplicativo não é necessário dispor de conexão à rede. Com essa ferramenta, visa-se gerar informações fundamentais para diferentes atores locais e nacionais, como universidades, instituições de pesquisa e programas de desenvolvimento, entre outros, uma vez que dispor de uma caracterização no âmbito territorial facilitará o projeto e a implementação de planos de adaptação à mudança do clima. Além disso, será possível trabalhar de maneira direta com produtores para melhorar seus sistemas de produção e incentivá-los a ser mais resilientes.

A Nicarágua é o maior país da América Central, encravado entre o Oceano Pacífico e o Mar do Caribe. O café local se destaca por sua doçura e acidez, produzindo arábica e, mais recentemente, o conilon. Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a safra 2021/22 deve somar 2,388 milhões de sacas de 60 quilos. A produção de arábica está estimada em 2,308 milhões de sacas em 2021/22, contra 2,198 milhões de sacas em 2020/21. Já a safra de robusta 2021/22 deve chegar a 80 mil sacas (80 mil sacas em 2020/21).